Uns dias de férias

Faz um tempo que não publico nada, eu e meus amores fomos para a França, Natal com a família do meu marido, e agora Brasil, para o Ano Novo com minha amada família.
Daqui um mês, voltamos para Buenos Aires. Feliz 2010, feliz 2011.

Anúncios
Publicado em Não categorizado | 1 Comentário

na Folk, los pañuelos de mama

Folk, no shopping El Solar de la Abadia.

Esse é o quiosque de pañuelos (echarpes) preferido da minha mãe. Vale a pena investir. Além das echarpes, brincos, pulseiras, colares, bolsas…

El Solar de la Abadia – av. Luis Maria Campos e Maure – Las Cañitas
(entre Palermo e Belgrano)

Publicado em onde gastar | Marcado com , , , , | 2 Comentários

a moda em Buenos por Ligia Rocha, minha Mãe Li

Eu não entendo nada de moda, mas minha mãe sim. Além de trabalhar muitos anos na área, desde que me entendo por gente, minha mãe Li ama se produzir, como ela mesma diz, se fantasiar, uma maneira de se divertir. Em uma de suas vindas a Buenos Aires, ela ficou com vontade de escrever sobre o assunto, espero que essa vontade se transforme em hábito. Segue o texto com suas conclusões:

Minha mãe.

Um pouquinho do que gostam e como se vestem as chicas argentinas, que aliás são lindas…

Venho descobrindo e gostando cada vez mais de Buenos Aires, graças a boa vontade da minha amada filha de me tirar de casa e insistir em me mostrar parques, restaurantes, bairros e lojas.

Quando observo como as argentinas se vestem, é muito claro que elas gostam de se produzir muito mais que nós brasileiras. Tem o culto ao cabelo, sempre muito longos (sejam jovens ou mais velhas) com muitos acessórios, flores, faixas, fivelas, lenços, laços, dreads, tranças, franjas, gorros etc. São muito sensuais, mas de uma forma mais velada, o que as deixam muito interessantes. Outra coisa, amam estar bronzeadas.

A seleção de moda que encontramos nas lojas é muito feminina e romântica. Eles têm uma  alfaiataria elegante, com bom corte e para este verão com a cor branca em destaque.

Na primavera a proposta é que se use a calça, com a boca um pouco mais larga, com colete curto, bem certinho no corpo e blaiser.

No verão sai o blaizer e permanecem calça e colete usados com os maravilhosos pañuelos (echarpes) de algodão ou seda ou viscose, enfim os mais lindos que vi nos últimos tempos e que vale a pena comprar pois são muito baratos por aqui. Para se ter uma idéia, o habito de uso dos pañuelos pelas argentinas é tão sério que a Hermès, que sem duvida faz os mais belos do mundo, realiza todo ano um evento em algumas capitais do mundo (claro que onde estão seus maiores clientes) chamado J’aime mon carré e na America do Sul este evento só é feito em Buenos Aires com o titulo Yo amo mi pañuelo.

Nos pés, alem das rasteirinhas com brilhos, sapatilhas sempre com detalhes como laçinhos, babadinhos, ferragens e pedras, sandálias meia pata com solado de madeira e tiras em couro ou tecido estampado.

As mais românticas  vão encontrar os vestidos estampados florais com aplicações de renda ou crochet,   casaquinhos para se usar com os vestido em linha leve ou malha nas cores da estação e numa proporção mais larguinha e curta, que vestem muito bem.
Os shorts estão presentes, principalmente jeans e além da camiseta romântica os casaquinhos que se usam com os vestidos também são usados com o short e mais colares ou lenços, mais brincos, mais pulseiras.

Olhando no geral, as jovens têm preferência pelo estilo hippy e chic, as mais velhas são mais clássicas, mas sempre rejuvenescendo esse clássico se mantendo magras, com um cabelo longo e franja e acessórios modernos. Outro estilo que sempre vejo por aqui, seja inverno ou verão, é rock and roll, eles e elas amam e usam produções completas.

As marcas que gosto de olhar: Ayres feminina e atemporal; Maria Cher roqueira, moderna; Wanama jovem, romântica; Rapsodia étnica e boas estampas; Paula Cahen D’anvers, segue tendências; Trosman moderna, bem sofisticada e representa a nova moda argentina (já desfilou no Brasil na SPFW ); VitaminaUma que são as mais conhecidas e que prefiro a coleção de inverno; Etiqueta negra ótima para os meninos; Prune, casacos e jaquetas de couro, assim como boas bolsas. Paruolo, Tramando e Carla Danelli, para sapatos de qualidade e que calçam bem.

Algumas das marcas acima, têm loja no El Solar de la Abadia, um shopping agradável, tranqüilo, com menos turistas que os outros.

(texto de Ligia Rocha, minha mãe.)

Publicado em colaboradores, onde gastar, presença | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

no shopping, El Solar de la Abadia

Repleto de luz natural, muitos tetos de vidro.

Para quem quer conhecer, as principais marcas argentinas, em um dia de chuva, o shopping El Solar, mais conhecido como El Solar de la Abadia, localizado em las Cañitas, em frente a Abadia de San Benito. Eu não gosto dos shoppings muito grandes, me perco, me irrito, esse, para o meu gosto, tem um bom tamanho.

Um shopping com poucos turistas.

El Solar – Na av. Luis Maria Campos esquina com Maure – Las Cañitas
Publicado em onde gastar | Marcado com , , | Deixe um comentário

hummm cebiche no Sipan

A Henny sempre me leva nos melhores restaurantes.

Henny ama comer bem, eu também. Quinta-feira 12h00, seguindo seus conselhos, fiz uma reserva no Sipan. Cheguei sozinha, o restaurante estava vazio, e pensei que minha querida amiga estava exagerando, pedindo para eu fazer uma reserva ao meio-dia. Em menos de 5 minutos, chegou Henny, e em menos de 10 minutos, o restaurante lotou. O cardápio é o resultado da fusão da cozida peruana com a chinesa e a japonesa. O preço é alto, e a comida é gostosa.

Dividimos um cebiche delicioso com batata doce caramelizada.

Sipan – cocina peruana: Paraguay 624 (esquina Florida) – Microcentro – tel.: 4315 0763

Publicado em beber comer ou cozinhar | Marcado com , , , | 2 Comentários

encontrei o adorado Mamão

Mamão-papaya do Brasil.

Para a nossa alegria, fui surpreendida pelo nosso mamão-papaya, na quitanda do lado de casa. A verdade é que paguei caro, 11 pesos o mamão, com esses mesmos 11 pesos compro 1 kilo de morangos.
Meus filhos devoraram o mamão, e muita das sementes, eu um suco, cheio de boas lembranças do Brasil, quando quase todas as manhãs, desfrutava de um suco (bem batido) de mamão com laranja, na companhia da minha filha ainda bebe.

Verduleria Congresso – calle Congresso 1716

Publicado em beber comer ou cozinhar | Marcado com , | Deixe um comentário

o armarinho do seu Rodolfo Attouche

Lindas fitas multicores.

Depois de comprar lã, em uma loja vizinha, entramos na merceria do seu Rodolfo. Muita conversa e algumas compras. Eu comprei botões para o pijama do meu filho, minha mãe barbante, para as bolsas da minha avó. Isso, há uns 2 meses atrás, e até hoje, não costurei os tais botões, alias, não faço idéia, de onde os coloquei.

Bom papo com seu Rodolfo que anda cansado da instabilidade da Argentina.

Rodolfo Attouche – Merceria y Anexo – Scalabrini Ortiz 890 – Buenos Aires

Publicado em onde gastar | Marcado com , , , , | Deixe um comentário